food truckA rua é a morada do food truck e nela surgem inúmeras possibilidades de negócio. Neste artigo, você vai encontrar dicas para aproveitar essas oportunidades e contará com informações quentes do mercado através da opinião do especialista Bruno Lazar, empreendedor do Pizza Roots. Confira!

O que considerar ao estacionar o seu food truck

O food truck é extremamente flexível e permite que você trabalhe em diversos locais, mas nem todos são adequados para o seu produto. Ao escolher um local para estacionar, seja estratégico e considere os seguintes pontos:

Circulação de pessoas

De nada adianta estar em um local espaçoso se nele houver pouca circulação de pessoas. Você precisa estar aonde as pessoas estão para vender mais e melhor, portanto, fique de olho nesse detalhe, porque ele é extremamente importante!

Público-alvo

Esse ponto é ainda mais importante que o tópico acima. Não basta estar em um lugar com muita gente, você precisa saber se as pessoas que circulam ao seu redor seriam ou não consumidoras do seu produto. Mapeie o seu público alvo e observe seu comportamento. Ele frequenta a universidade, está saindo do trabalho ou está em um momento de lazer? Esse pode ser um ponto determinante para o sucesso ou fracasso do fechamento do caixa ao final do dia.

Pizzas Salgadas (2)

Pizzas em cone do Pizza Roots

Espaço

Nem todo espaço público permite que você comercialize o seu produto. Em alguns locais, a presença de um food truck pode atrapalhar o fluxo natural do local e isso pode não ser bacana, por isso, fique de olho nas normas estabelecidas pela prefeitura para não tem problemas!

Além disso, segundo Bruno Lazar (30), empreendedor responsável pelo food truck Pizza Roots, é importante levar o produto em consideração. “Nosso produto é noturno (pizza em cone), então, levamos em consideração primeiramente o horário de abertura e fechamento do estabelecimento. No nosso caso, quanto mais tarde, melhor! À noite sempre fazemos parcerias com cervejarias em SP, Carapicuiba, Alphaville e Osasco, afinal, a combinação da parceria é perfeita: pizza e cerveja.”

Autorizações para o seu food truck

Em 2014, a prefeitura de São Paulo publicou, através do Diário Oficial, 700 pontos de vendas que poderiam ser ocupados por vendedores de comida de rua. Para obter essa autorização e ocupar uma dessas posições, os interessados precisam pleitear o TPU (Termo de Permissão de Uso) com as subprefeituras.

A opinião de Lazar, no entanto, vai contra a permissão. Segundo ele “a TPU não condiz com a essência do negócio, afinal, o food truck foi feito para atingir cada dia um local diferente, levando a melhor gastronomia à todos os lugares. Nesse quesito, o Rio de Janeiro já avançou bastante. Lá existem pontos demarcados e rotativos entre os trucks e, se você for em um destes locais hoje, amanhã encontrará outro truck e assim sucessivamente.”

Saiba mais sobre a TPU através de informações da Subprefeitura de Pinheiros.

Feiras e Festivais de food truck

Quando food trucks de uma determinada região se reúnem e trabalham em um mesmo local por um determinado período, é comum que o evento seja organizado e divulgado massivamente. Por essa razão, considere feiras e festivais gastronômicos uma boa oportunidade para atrair pessoas e vender mais!

Segundo Bruno Lazar, que é de São Paulo, “as melhores feiras estão a pelo menos 300 km de distância para nós. Quanto mais distante da cidade, melhor, principalmente em shoppings e praças bem movimentadas. Agora se falarmos de shows, os melhores são em São Paulo.”

O que é exigido para que você participe de feiras e festivais

Para participar de feiras e festivais, não existe uma exigência, mas você precisa ter um excelente produto, deve apresentá-lo com a mesma excelência e, além disso, não pode se esquecer de oferecer um atendimento excepcional, afinal, a concorrência entre os trucks é forte e diária – Bruno Lazar nos confidenciou que a participação nas feiras é instável, hoje você pode estar em um bom evento, e amanhã não estar mais.

Em geral, as participações nesses eventos são pagas – 20% a 30% do lucro para organização  ou diárias que variam de R$250,00 a R$600,00. Mesmo assim, vale ressaltar que a prática de valores pagos antecipadamente quase não é mais pratica por donos de food trucks, que preferem trabalhar com porcentagem.

Além do valor pago à organização para participação no evento, o empreendedor também precisa considerar o custo do produto, mão de obra, locomoção, em alguns casos a alimentação e até hospedagem. Em entrevista, Lazar contou que, em um evento de um fim de semana no Rio, os gastos não saem por menos de R$2000,00, portanto, fique ligado e planeje-se!

Dica de Especialista para quem está começando

food truck pizza roots

Pizza Roots – Food Truck de Bruno Lazar

Agora que você já sabe um pouco mais sobre o local ideal para estacionar o seu food truck, confira algumas dicas de Bruno Lazar que podem fazer a diferença para seu negócio:

  • Planeje pelo menos 6 meses do seu negócio antecipadamente;
  • Converse com quem já está no ramo e, de preferência, que já trabalhe com o produto que você irá trabalhar também;
  • Acredite em você;
  • Acredite no seu produto;
  • Por maior que seja o seu problema e você ache que não vai superar, encare-o!

Bruno também lança um alerta para a sua maior dor enquanto empreendedor: “Foi difícil ter a paciência de esperar o negócio tomar forma, se aperfeiçoar e se impor no mercado como uma marca pioneira (…) As dificuldades foram inúmeras, porém o sentimento de fazer acontecer dominava qualquer medo inicial. A cara e a coragem predominavam, eram semanas subsequentes sem ter sono, esperando o dia amanhecer para colocar o projeto em rumo certo”.

Isso significa que, apesar das inúmeras dificuldades impostas por um setor competitivo, é possível ser um sucesso se você acreditar no que está construindo, caprichar no planejamento e, principalmente, ter paciência. Vai encarar?!

Para acompanhar o negócio do Bruno e se inspirar ainda mais, siga o Pizza Roots no Facebook.

Agora compartilhe conosco nos comentários: qual foi melhor e o pior local em que você já estacionou o seu food truck e quais são as suas dicas para quem está começando?

0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *