comida de rua - food truck

A comida de rua e os food trucks são uma tendência popular, no entanto, é natural nos perguntarmos como foi que tudo isso começou. A seguir, conheça os detalhes dessa história e aprofunde-se ainda mais na temática de seu negócio!

A criação dos trucks e da comida de rua

comida de rua e food truck - logoEra uma vez – em 1866 – um fazendeiro chamado Charles Goodnight, conhecido na internet por “pai do Texas Panhandle” e fazendeiro mais famoso da região. Segundo boatos, Charles Goodnight tinha um caráter bem “colorido” – era de conhecimento comum que ele fumava mais de 50 cigarros por dia e que aos, 91 anos, casou-se com uma enfermeira de 26. No entanto, Charles deixou para o mundo um legado particular e especial: ele inventou o food truck original, chamado vagão de mandril, e foi responsável pelo grande boom da comida de rua.

Você deve estar se perguntando como o tal “vagão de madril” teve um impacto tão duradouro sobre nossas escolhas culinárias e de negócio, certo? Essa é uma boa pergunta.

A criação de Charles – uma carroça – era, essencialmente, uma cozinha portátil. Goodnight preparou-a para a sua primeira viagem transportando gado – uma jornada de meses, em que não foi possível utilizar o transporte ferroviário, muito comum na época.

Goodnight pensou em quase tudo. A partir de um vagão velho, ele construiu uma cozinha com prateleiras, espaço de armazenamento, uma tampa articulada para o espaço de balcão, o barril de água e até mesmo uma lona para transportar lenha. Além disso, a comida que ele carregava consigo era preservada – feijão, carne salgada, farinha de milho… – ou recolhida à medida que o truck avançava.

A Revolução Industrial dos Food Trucks

comida de rua e food truck - logoApós a criação de Charles Goodnight e a disseminação da cultura dos food trucks germinados, o truck estável surgiu. Em 1872, o primeiro truck estável foi criado por um homem chamado Walter Scott, que decidiu capitalizar trabalhadores e jornalistas apressados. Ele cortou janelas de um vagão coberto e estacionou na frente de um escritório do jornal local em Providence, vendendo torta e café.

Em seguida, em 1894, de acordo com o site mobile-cuisine.com (em inglês), fornecedores de salsicha surgiram ao longo dos campus da Ivy League Universities. Finalmente, selando a tendência de beira de estrada, em 1936, Oscar Mayer lançou o primeiro carrinho portátil de cachorro-quente, o Weiner Mobile. E sim, você adivinhou; o Weiner móvel se parece exatamente com o que você imagina – veja toda a frota de trucks Weiner através dos tempos neste link (em inglês).

No período da 2ª Guerra Mundial e do baby boom, os anos 1950 viram o nascimento do caminhão de sorvete. Em seguida, carrinhos de comida começaram a aparecer fora das Bases do Exército dos EUA e em locais de construção. Caminhões de batatas chips vieram no final dos anos 50, e caminhões de tacos surgiram com o aumento de imigrantes do México para os Estados Unidos, tornando-se populares em 1970.

Neste período, os trucks não tinham o preço acessível, nem a cara moderninha e gourmet que nós conhecemos e amamos hoje. Eles eram básicos, “colarinho azul” e meio gordurosos.

O momento de iluminação dos food trucks

comida de rua e food truck - logoQuando pensamos nos food trucks de hoje, nossos cérebros se direcionam automaticamente aos sanduíches cheios de bacon, combos de batatas fritas, queijo e molho – e, se pararmos para pensar, é quase isso. Embora as coisas tenham mudado um pouco desde os anos de nascimento do food truck, certas coisas permaneceram as mesmas. Em vez de feijões secos – típicos da culinária mexicana -, há burritos tikka masala. Em vez de carne salgada, há javali. E assim a cozinha do truck torna-se refinada, embora continua sendo comida de rua.

Dito isto, podemos afirmar que o food truck passou de “colarinho azul” e especialista em refeições para os trabalhadores, para uma opção moderna, que atende à todos – desde jovens profissionais com um orçamento reduzido àqueles que estão apenas procurando por uma refeição rápida.

Então, qual foi o truck que mudou o jogo? Voltemos para 2008:

No período de Ação de Graças – feriado popular nos Estados Unidos –  de 2008, o truck Kogi BBQ decidiu locomover-se, saindo com seu pequeno caminhão de taco coreano pelas ruas de Los Angeles.

Seu website não mente: eles fizeram detonar uma “bomba de sabor.” Porque o Kogi BBQ não têm um local fixo, eles usaram as mídias sociais para anunciar o local de parada de seu caminhão. Sua oferta era a aventura, o “diferentão”, uma proposta “além do gorduroso”, oferecendo um hambúrguer diferenciado, além de outras opções de fast food.

De repente, houve uma nova forma de desfrutar a comida de rua, e os consumidores começaram a procurar food trucks, verificando seus horários e planejando as suas refeições de acordo com a programação deles.

Os trucks e a revolução tecnológica

comida de rua e food truck - logoPouco depois do smartphone, nasceram nos Estados Unidos os aplicativos de comida de rua, como NYC Truck FoodToronto Food Trucks e Roaming Hunger. Além disso, blogs foram dedicados ao acompanhamento dos trucks e programas de TV como o “Food Truck – A Batalha“, foram desenvolvidos. Também passaram a ser organizados os festivais que permitem aos consumidores desfrutarem de todas as maravilhas do food truck.

Assim, com a chegada da tecnologia às mãos do consumidor, os proprietários de food trucks também perceberam a necessidade de abraçar esse avanço para ajudá-los a gerir seus negócios. Do ponto de venda ao cardápio digital, diversos profissionais do ramo adotaram o sistema para food truck como ferramenta essencial para seu sucesso.

Depois de saber tudo isso, concluímos que,  das origens humildes à revolução tecnológica, os food trucks mostraram que são mais que uma tendência, afinal, eles permearam a cultura ocidental de várias maneiras por bem mais de um século com uma história tão robusta, que faz você se perguntar o que virá depois.

Agora que você já conhece um pouco sobre a história dos trucks e da comida de rua, compartilhe conosco nos comentários: Qual é a SUA história? Como você deu início ao seu negócio?

0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *