programa para cafeteria

Como empreendedor de cafeteria, você já desse saber que esse é um negócio com operações distintas. No artigo a seguir, falaremos um pouco sobre cada uma dessas operações e sobre como um programa para cafeteria de qualidade pode impactá-las de forma extremamente positiva. Confira!

Tipos de atendimento

programa para restaurante - grão de caféHá dois tipos mais comuns de atendimento quando falamos de cafeteria: o atendimento à la carte e o atendimento balcão. A seguir, falaremos sobre cada um deles e sobre a dificuldade de mantê-los funcionando bem com recursos manuais.

Atendimento no balcão

Cafeterias adeptas do atendimento balcão atendem aos clientes que estão de passagem. Neste caso, eles escolhem o que será consumido, aguardam em uma fila para pagar e retirar o produto e retiram-se ou consomem seu café no próprio estabelecimento.

O atendimento balcão na prática

Neste tipo de atendimento, a ausência de um programa para cafeteria pode gerar filas, fraudes e erros de cobrança devido à pressa, afinal, o caixa sente-se pressionado a agilizar o trabalho para reduzir a fila. 

Atendimento à la carte

O atendimento à la carte, com esse nomenclatura, é velho conhecido dos restaurantes, mas há outros tipos de negócios adeptos dele. Toda cafeteria que disponibiliza mesas para os clientes deve considerar seu atendimento como um “à la carte”.

Neste caso, um atendente fica disponível para anotar o pedido do cliente na própria mesa, trazendo o que foi solicitado posteriormente.

Em um atendimento como esse, o prejuízo pode ocorrer quando há lentidão no atendimento do garçom  – isso costuma gerar grande insatisfação no cliente – e também quando há erros de anotação – que geram prejuízos significativos para qualquer negócio do ramo food.

O atendimento à la carte na prática

Na prática, o garçom recebe o cliente, retira o pedido – o processo pode ser lento se ele estiver em companhia de muitas pessoas e os pedidos foram complexos e cheios de customizações – e dirige-se às áreas de produção para deixar a comanda. Só então ele volta a atender um outro cliente.

Em alguns casos, depois que o pedido fica pronto, o garçom sai novamente da área de atendimento para buscar as entregas e servi-las aos clientes.

Quando os clientes terminam de consumir o que pedido, o garçom também pode ter a função de fechar a conta, fazendo todo o cálculo do que foi consumido em um papelzinho pequeno, conferindo cada item e se alguém saiu antes, se a pessoa pagou a parte dela antes de sair e etc.

Avalie que, devido à ausência de um programa para cafeteria, fica bem difícil não deixar o cliente insatisfeito ou evitar erros sem ser mágico.

Atendimento com um programa para cafeteria

programa para restaurante - grão de caféQuando você tem o auxílio de um bom programa para cafeteria, o atendimento ganha em qualidade e, consequentemente, o cliente fica mais satisfeito. Confira as vantagens de um sistema para cafeteria em cada tipo de atendimento:

Cafeteria à la carte

Quando você escolhe um programa para cafeteria que lhe permite fazer os pedidos através de uma comanda eletrônica integrada à retaguarda e ao caixa, a coisa começa a evoluir no atendimento à la carte.

Na hora de fechar os pedidos, por exemplo, o cálculo já estará prontinho na própria comanda eletrônica e o caixa visualizará o total dela, imprimido a comanda com muita facilidade. Percebe como isso facilita o trabalho do garçom, otimizando tempo e permitindo que ele recepcione os clientes com mais qualidade?

Com a comanda eletrônica o pedido é feito rapidamente, com poucos toques de tela – e na frente do cliente!  – , além de enviado automaticamente para as áreas de produção. Assim, o pedido sairá imediatamente na impressora da cozinha e, ao mesmo tempo, você terá disponível o cupom fiscal para o cliente.

Cafeteria com atendimento balcão

No atendimento balcão, um programa para cafeteria garante a agilidade na cobrança, reduzindo o tamanho das filas tão comuns nesses ambientes. Além disso, se o programa para cafeteria de sua escolha for completo e de alto nível, você terá a possibilidade de utilizar um cardápio digital que proporcionará ao seu cliente a opção do autoatendimento e do pagamento via smartphone, ou seja: sem filas, sem estresse e você não precisará investir tanto em mão de obra.

Agora que você já sabe mais sobre a diferença que um programa para cafeteria pode fazer em um estabelecimento, compartilhe conosco nos comentários: qual a sua maior dificuldade quando o assunto é processo manual?

0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *